Como avaliar uma assessoria de imprensa antes de contratar?

Como avaliar uma assessoria de imprensa antes de contratar?

Como avaliar uma assessoria de imprensa antes de contratar?

Atualizado em 22 de maio de 2019

Você já definiu os valores e missões da sua marca, já sabe quem é o seu público-alvo e sabe para onde quer crescer. Você também está consciente dos resultados que uma boa assessoria de imprensa pode trazer para os seus negócios e está ansioso para se posicionar no seu mercado e alcançar todo o crescimento que almeja. Então você sabe que essa é a hora de contratar uma assessoria de imprensa. Mas como escolher a melhor para o seu caso dentre tantas opções no mercado? É isso que vamos te ajudar a descobrir abaixo:

Blog publicado originalmente em 16 de janeiro de 2019

O que levar em conta na hora de contratar uma assessoria de imprensa?

Provavelmente essa não é a primeira vez que você contrata um serviço pensando no melhor para o seu negócio, então você sabe bem quais critérios levar em consideração:

  • Tempo de mercado
  • Avaliação de clientes
  • Cases de sucesso
  • Preço

Mas quando se trata de assessoria de imprensa, nada é tão simples quanto parece e encontrar um equilíbrio entre esses fatores é que fará a diferença. A oferta de agências que trabalha com assessoria de imprensa tem crescido cada vez mais e é preciso estar atento ao fato de que esse trabalho tem mudado nos últimos anos. Entenda melhor a nova assessoria de imprensa aqui.

Um bom mailing não é mais a ferramenta mais importante de trabalho de um assessor de imprensa. Agora, é preciso também conhecer o mercado a fundo, entender sobre grandes e micro influenciadores, estar ligado nas novas tendências para redes sociais, compreender a importância das estratégias de SEO e de Link Building, e muito mais.

Se quiser saber mais sobre a combinação de assessoria de imprensa e inbound marketing, veja esse nosso post aqui.

Afinal, como escolher a melhor assessoria de imprensa para o meu negócio?

  • Conheça os clientes e cases da agência: O primeiro passo é descobrir se aquela agência tem expertise para cuidar da assessoria do seu negócio. Se é saúde, busque por uma agência que já tenha experiência no ramo. Isso porque o mercado de assessoria de imprensa exige um conhecimento específico de cada área, como quais são os jornalistas que trabalham com o ramo, quais são as publicações específicas do setor, quais os eventos acontecem anualmente, dentre tantas outras características. Toda essa familiaridade pode facilitar e muito o trabalho de divulgação da sua marca. Experiência vale ouro!

 

  • Pesquise e compare: Não feche com a primeira agência que aparecer. Pesquise e compare os serviços de pelo menos três ou quatro agências. Não estamos dizendo para fazer orçamento e acabar indo na mais barata só por ser mais barata. Pense que é o futuro dos seus negócios que está em jogo. O grande segredo aqui é entender o que aquela agência tem de diferente da demais que irá fazer a diferença que você precisa. Uma agência menor pode acabar atendendo muito mais aos seus interesses do que uma maior, ou vice-versa. Por isso, é preciso ir a campo fazer esse estudo.

 

  • Verifique as promessas feitas: Quem promete demais ou promete resultados extremamente específicos em assessoria de imprensa pode estar prometendo o que não pode cumprir. Fique atento, pois esse é um trabalho que depende primordialmente de relacionamentos, ou seja, pode ter resultados variáveis.

 

  • O barato que pode sair caro: Se uma agência está cobrando um valor extremamente diferente das outras, especialmente muito abaixo das outras, atenção! Provavelmente ela não vai ter como entregar o que promete, pois essa atividade exige um capital humano de profissionais capacitados. Agora, se a agência cobra muito acima das outras, exija saber qual é o diferencial dela que justifique o valor pedido.

 

Para te deixar mais animado e ansioso para escolher a agência que fará a assessoria de imprensa do seu negócio, veja aqui quais são os resultados que uma boa assessoria de imprensa pode trazer. E bons negócios!

Compartilhe: