Como criar conteúdo para o setor médico e farmacêutico

Como criar conteúdo para o setor médico e farmacêutico

Como criar conteúdo para o setor médico e farmacêutico

De acordo com o Google, 1 em cada 20 pesquisas no site de busca está relacionada à procura de sintomas de enfermidades e doenças. Levando em conta que são realizadas mais de 100 bilhões de procuras no Google por mês, podemos chegar a um número exorbitante de 166 milhões de procuras diárias por questões relativas a sintomas de doenças. Ou seja, se tornar uma fonte de conteúdo confiável sobre doenças no ambiente digital é um grande negócio para médicos, clínicas, hospitais, farmacêuticos, farmácias e laboratórios.

No entanto, criar conteúdo para o setor médico e farmacêutico não é simples. Alguns setores têm particularidades para a produção de conteúdo, seja ele em texto, vídeo ou gráfico. Na área médica, por exemplo, você deve evitar um tipo de comunicação que destaque sua qualidade em detrimento de outro profissional. Expressões como “excelência em saúde”, “a melhor clínica em tal especialidade” são proibidas pelos conselhos de medicina e podem render sanções para o médico ou clínica.

Também é visto com maus olhos pela classe um profissional que ‘cria’ uma especialidade dentro de outra especialidade médica, como por exemplo “clínica de dermatologia para ruivos”.

Conheça aqui quais mídias sua clínica deve usar para atingir seu público

 

apex conteudo farmaceutico

Setor Farmacêutico.

No setor farmacêutico a comunicação também tem seus limites. O mercado é bastante regulamentado visando garantir a segurança do consumidor, assim como a não indução à automedicação, além da divulgação de forma clara da composição e dados técnicos dos produtos.

A comunicação para medicamentos com a exigência de prescrição médica ficará restrita a publicações dirigidas a médicos, cirurgiões-dentistas e farmacêuticos. E todas as afirmações feitas nesta comunicação precisam conter comprovação científica. Já os medicamentos de venda livre podem ser ter sua comunicação veiculada em praticamente todas as mídias, desde que contenha as advertências quanto ao seu abuso.

Soluções.

Desta forma, médicos, clínicas, hospitais e laboratórios precisam aliar a criatividade ao conhecimento da legislação vigente para atingir seu público-alvo e não sofrer sanções. Uma boa iniciativa é tirar a perspectiva de falar do seu serviço mas sim relatar um benefício obtido por um cliente/paciente. Ex: vídeos de pacientes contando suas histórias de vida, textos com perguntas de clientes e respostas dos profissionais…

Quer ampliar seu conhecimento sobre estratégias de marketing para a saúde? Baixe gratuitamente o ebook 

O marketing de conteúdo é a principal ferramenta para atrair este público de uma maneira espontânea e efetiva, pois gera fidelidade e posteriores indicações. A Apex Conteúdo Estratégico tem larga experiência na produção de materiais textuais, visuais e gráficos para o setor de bem estar e saúde, alcançando excelentes resultados de engajamento nas plataformas digitais e aumentando o número de pacientes/clientes. Veja o case para o Instituto Mário de Abreu, clínica de coloproctologia e urologia em Curitiba.