Blog

Assessoria de influência: a nova assessoria de imprensa

20/09/2021 || Compartilhe:

A união entre marketing digital e assessoria de imprensa veio para ficar. Agora, mais do que ajudar a construir a imagem de seu cliente, o assessor precisa fazer a assessoria de influência.

Nesse novo mercado, que avançou com as redes sociais e os digitais influencers, o assessor trabalha em conjunto com outros setores para conseguir criar campanhas que engajem o público alvo.

Portanto, neste momento, mais do que fazer o cliente ser conhecido, o papel do assessor de influência é conseguir vender mais e ainda fazer isso de forma orgânica no longo prazo.

Para saber mais sobre essa nova assessoria de imprensa que se deseja, siga com a gente.

Assessoria de influência: um novo jeito de assessorar

Em síntese, o influenciador é alguém que possui um público cativo em suas redes sociais e consegue despertar engajamento. Eles ditam padrões de consumo e estilo de vida, por exemplo.

Além disso, eles possuem nichos de atuação para conseguir se conectar e aumentar o nível de confiança com seu público.

Nesse sentido, a assessoria de influência passa a usar dessa relação de confiança para divulgar seus clientes e, assim, criar uma imagem positiva para eles.

Para que se possa alcançar isso, o marketing de influência entra em ação e ajuda a construir campanhas conectadas com o público alvo.

Esse tipo de conexão entre influenciadores e seguidores, ajuda a criar boas campanhas de assessoria de influência, ajuda a despertar o interesse e a aumentar a confiança das pessoas em relação à marca.

Em outras palavras, o público se sente mais próximo dos produtos divulgados pelas redes sociais e tem mais chances de se tornar um cliente. Ainda mais se ele sentir que o influenciador gosta e usa os produtos anunciados.

Por isso, veja algumas dicas de como fazer a assessoria de influência:

Dicas para que a parceria funcione

Como a assessoria de influência ainda está em fase de expansão, nada melhor do que algumas dicas para impulsionar o trabalho do assessor. 

Assim sendo, confira algumas sugestões do que não pode ficar de fora na hora de transformar o marketing de influência num aliado:

  • Em primeiro lugar, tenha uma estratégia definida. Isto é, antes de começar, defina o que espera-se alcançar com a iniciativa.
  • Escolha os influenciadores que estejam em sintonia com seu público alvo. Lembre-se de que o objetivo é conseguir fazer com que esse público se torne fiel a marca. Por isso, o engajamento deve ser orgânico e precisa se conectar com as pessoas, caso contrário não haverá sucesso.
  • No processo anterior, antes de escolher quem fará a influência, é preciso fazer uma análise de como o público dele se conecta e, a partir disso, enviar um press kit de qualidade e que surta o efeito desejado.
  • Outra coisa: não adianta escolher um influenciador só porque ele possui milhões de seguidores. Muitas vezes, a depender do que você precisa divulgar, os micro influenciadores, com centenas de seguidores, surtem mais efeito porque o público se sente mais próximo.
  • Por fim, decida o período em que a campanha estará em vigor: parceria mais longa ou pontual. Isso depende muito do que você precisa divulgar.

Vantagens de aliar assessoria e marketing de influência

Por fim, vale lembrar que aliar a assessoria e o marketing de influência trará benefícios para os dois setores. Isso porque com o marketing, haverá mais engajamento para a marca assessorada.

Além disso, o assessor pode ajudar a construir uma imagem mais sólida e antenada com os desejos do cliente. Afinal, enquanto que o assessor trabalha de forma direta com o cliente, o marketing faz a parte de criação e juntos, os dois setores podem otimizar suas áreas.

Um estudo mais aprofundado do cliente, feito pela assessoria, ajuda o marketing de influência a procurar os influenciadores e micro influenciadores que estejam mais conectados com a mensagem que se deseja passar.

Assim sendo, ao aliar essas duas áreas, a campanha tem mais chances de gerar os resultados esperados.